Cybersecurity

Espionagem cibernética: A ameaça silenciosa

Espionagem cibernética: A ameaça silenciosa

Uma grande preocupação dos profissionais de cibersegurança são os CVEs e as vulnerabilidades de alto impacto. Ataques como, remote code execution, sql injections, ransomware, dentre outros, possuem o potencial de interferir com a operação cotidiana das empresas. Existe porém uma carência na abordagem de um grande, e silencioso, vilão: a espionagem cibernética.

O que é espionagem cibernética?

Também conhecida como ciberespionagem, o intuito do atacante que conduz esse tipo de operação não é pedir algum tipo de resgate ou expor a vítima. Ao contrário, o ator malicioso tem o objetivo de vazar e alterar dados (além de permanecer velado dentro dos sistemas invadidos). Pela falta de sinais de comprometimento, a cautela do atacante e o esforço feito para permanecer escondido, a espionagem cibernética é difícil de ser detectada.

A ciberespionagem é uma ameaça crescente!

A ciberespionagem representa sérios riscos para os governos e as empresas de todo o mundo. Grupos de hackers patrocinados por governos roubaram com sucesso grandes quantidades de dados comerciais e governamentais sensíveis através de ciberataques. A comunidade de cibersegurança considera programas de ciberespionagem uma das ameaças mais vastas e persistentes que as organizações enfrentam. 

Todos os sectores são vulneráveis ao roubo de dados!

Todas as indústrias correm o risco de serem vítimas de ciberespionagem destinada a roubar propriedade intelectual e segredos comerciais. Os setores frequentemente visados por hackers incluem órgãos do governo (nos poderes judiciário, legislativo e executivo), defesa (exército, aeronáutica e marinha), as empresas de tecnologia, o ramo da saúde e farmácia, assim como os provedores de energia e telecomunicações. Os dados roubados podem incluir de tudo, desde projetos de armas a investigação de vacinas e processos de fabricação exclusivos. 

Como se proteger contra a ciberespionagem?

Para ciberespionagem, o atacante permanece dentro da rede da vítima, comumente explorando uma vulnerabilidade ou utilizando alguma credencial que parece legítima para não ser detectado. Os atores maliciosos sabem que o grande volume de trabalho dilui a atenção dos analistas. O Zerum Lynx™, solução de NDR, é um divisor de águas para a cibersegurança. Ao combinar o monitoramento contínuo com a capacidade de forense de rede e ferramentas de IA, o Zerum Lynx™ oferece instrumentos especializados em detectar, identificar e colher as evidências de espionagem cibernética.

Este conteúdo foi útil para você? Compartilhe em suas redes sociais:


Sobre a Zerum

A Zerum é uma empresa de Data Science líder em inovação que fornece visibilidade e entendimento em tempo real sobre fluxos de dados complexos. Nossos produtos, serviços e tecnologias ajudam grandes organizações a reduzir gargalos operacionais, combater ameaças cibernéticas avançadas, detectar fraudes e manter comunidades seguras.


📝 Para saber mais, entre em contato através do formulário abaixo.








    Related articles

    Baseline dinâmica – O que é e por que usar?
    Baseline dinâmica – O que é e por que usar?

    Mesmo com os melhores dados à disposição, contextualizar grandes volumes de informações é...

    3 meses atrás

    By Zerum Team

    Guia Rápido: O que é TDIR – Threat Detection and Incident Response?
    Guia Rápido: O que é TDIR – Threat Detection and Incident Response?

    A Detecção de Ameaças e Resposta a Incidentes (do inglês Threat Detection and...

    4 meses atrás

    By Zerum Team

    O risco residual cibernético: Maior do que se estima
    O risco residual cibernético: Maior do que se estima

    Sua empresa investiu pesado em cibersegurança: adquiriu todas as ferramentas de ponta disponíveis...

    4 meses atrás

    By Zerum Team